Área Restrita

Resistência a antibióticos é desafio para medicina

04/04/2012
Notícias
Institucional

 

A crescente resistência humana a antibióticos poderá fazer com que esses medicamentos não sejam mais eficazes em um futuro próximo, levando o mundo a uma era "pós-antibióticos", na qual uma simples infecção na garganta ou um arranhão podem ser fatais, diz a OMS (Organização Mundial da Saúde).


"Uma era pós-antibióticos significa, de fato, o fim da medicina moderna como a conhecemos", diz a diretora-geral da OMS, Margaret Chan.


Ao falar em um encontro de especialistas em doenças infecciosas realizado nesta semana na Dinamarca, Chan alertou para o desafio que esta nova realidade representa, especialmente para os países em desenvolvimento, que são os principais afetados por essas enfermidades.


"Muitos países estão incapacitados pela falta de infraestrutura, incluindo laboratórios, diagnósticos, confirmação de qualidade, capacidade de regulação, monitoramento e controle sobre a obtenção e a utilização de antibióticos", diz Chan.


"Por exemplo, comprimidos contra malária são vendidos individualmente em mercados locais. Também há abundância de antibióticos falsos ou de baixa qualidade", afirma.



USO EXCESSIVO


As declarações da diretora da OMS foram feitas em um momento em que diversos grupos americanos de especialistas em doenças infecciosas publicaram um relatório no qual pedem que autoridades de saúde e políticos em todo o mundo aumentem os esforços para melhorar o uso dos antibióticos existentes e promover a investigação de novos medicamentos.


Especialistas afirmam que a atual resistência das bactérias a antibióticos é causada principalmente pelo mau uso desses remédios e que, muitas vezes, são os próprios médicos que receitam os medicamentos excessivamente.


Segundo os autores do estudo, entre as medidas para evitar a resistência está o estabelecimento de programas que ajudem os médicos a decidir quando é necessário receitar um antibiótico e qual a melhor opção de tratamento.



Fonte: BBC Brasil




alt

Veja Também

30/01/2015
Institucional

[Informe] - Nota de Esclarecimento: FIES e SISFIES

O Athenas Grupo Educacional informa aos membros da comunidade acadêmica que o Financiamento Estudantil (FIES), encontra-se com o sistema SISFIES em manutenção, para adequação às regras estabelecidas pelas Portarias Normativas MEC nº 21, de 26.12.14; nº 22 de 29 de dezembro e nº 23, de 29.12.14. O Ministério da Educação e Cultura (MEC) não estabeleceu data para normalização do sistema. Porém, informa que os alunos não terão prejuízo na renovação semestral.

03/05/2013
Institucional

pericia-albiental-e-desenvolvimento-de-projetos

Objetivo do curso: Desenvolver as habilidades necessárias à análise, avaliação, formulação, execução e acompanhamento de projetos, planos e perícias ambientais. Público alvo: Profissionais graduados em nível superior nas diversas áreas do saber que necessitem adquirir ou aprofundar conhecimentos de forma técnica e prática na área da Educação Ambiental e seus segmentos. DISCIPLINAS Carga horária 01 Desenvolvimento Sustentável 24 hs 02 Avaliação e Recuperação de Impactos Ambientais 24 hs 03 Planejamento Urbano 24 hs 04 Gerenciamento Ambiental nas Empresas 24 hs 05 Perícia...

25/04/2013
Institucional

a-era-do-contador

Por algumas décadas o contador foi visto como um "mal necessário".   Após a Era Industrial, marcada pelos destaques da eficiência e da produtividade, a transição para o novo milênio veio com novos conceitos, novos paradigmas, e a chamada "Era do Conhecimento" em que vivemos atualmente valoriza a criatividade e o poder da informação. Inserido neste contexto está o empresário e profissional contábil, cujo papel tem sido evidenciado na última década exatamente por se adequar perfeitamente às novas necessidades da sociedade. Considerada por muitos como a Linguagem Universal dos Negócios, a Contabilidade tem se mostrado e sido mais facilmente percebida como um grande...

02/11/2012
Institucional

fap-recebe-nota-4-do-mec-e-e-uma-das-melhores-de-rondonia

Resultado do Conceito Institucional foi divulgado no último dia 31 de outubro Foi publicado oficialmente, no último dia 31 de outubro, o resultado do Conceito Institucional 4, obtido pela Faculdade de Pimenta Buenoem avaliações do Ministério da Educação (MEC), órgão estatal que regula a educação brasileira. A avaliação foi muito comemorada pela instituição porque de 1 a 5, a instituição obteve um 4. Melhor índice obtido entre as instituições de ensino do interior de Rondônia, um dos melhores do estado. Eliene Alves Ferreira, diretora da Faculdade de Pimenta Bueno, conta que a ótima resposta dos avaliadores é reflexo de muito trabalho e investimento. “A FAP foi...

Comentários

CAPTCHA Image
Recarregar Imagem