Área Restrita

ONU divulgou dados atuais sobre a educação mundial

20/01/2015
Notícias
Institucional

De acordo com o relatório oficial lançando ontem (19) em Londres, 121 milhões de crianças e jovens do mundo inteiro (de 6 a 15 anos) estão longe do ambiente estudantil. A medida faz parte do projeto “Educação para Todos”, que tem entre as propostas oficiais levar a educação para todos os cantos do mundo nesse ano. A iniciativa é da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura)  e conta com o apoio da Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância).

 

Com o título "Reparação da promessa quebrada de Educação para Todos: resultados da Iniciativa Global Crianças Fora da Escola",a pesquisa apontou que houve pouco avanço na melhoria do cenário educacional global, desde 2007. 63 milhões de adolescentes (de 12 a 15 anos) não estão na escola, revelando que o grau de evasão é mais acentuado em adolescentes do que crianças. As estatísticas dão conta de que uma a cada 11 crianças não freqüentam o colégio, enquanto um em cada cinco adolescentes apresenta o mesmo diagnóstico.

 

Crianças que vivem em áreas de conflito, trabalham desde cedo ou as que enfrentam discriminação (de ordem étnica, gênero ou deficiência) ajudam a compor os dados alarmantes. Entretanto, a pobreza ainda é o maior indicador. Na Nigéria, dois terços das crianças em regiões mais pobres não vão à escola, e de acordo com os dados levantados, 90% desse grupo nunca estudarão. Em locais como Eritreia e Libéria, respectivamente 66% e 59% das crianças não freqüentam a educação primária.

 

Para acompanhar os dados e avanços desse projeto e outros realizados ao redor do mundo, os interessados podem clicar aqui para as publicações oficiais da ONU.



Fonte: ONU Brasil e UOL Educação

Downloads

Manual do Enade
Baixar

Veja Também

12/03/2012
Institucional

crimes-virtuais-podem-ser-adequados-ao-codigo-penal

  Parlamentares analisam projetos que enquadram no Código Penal crimes pela internet As pessoas que utilizam as redes sociais na internet estão na mira dos parlamentares. Só no Senado, tramitam três projetos para adequar o Código Penal, incluindo o uso dessas ferramentas para denegrir a imagem de pessoas. Pelo menos três deles tratam especificamente da questão. Um outro projeto, de autoria da Comissão Parlamentar de Inquérito da Pedofilia, foi aprovado em 2011 e está na Câmara a espera de deliberação. O projeto permite que policiais se infiltrem em redes sociais para mapear pedófilos que utilizam essas ferramentas no aliciamento de menores. No caso de crimes como constrangimento...

28/04/2011
Graduação

historico

Desde seus primeiros anos de funcionamento a Faculdade de Pimenta Bueno já se consolidou como um dos empreendimentos mais ousados e bem-sucedidos da cidade que a batizou, estabelecendo-se como a única instituição de ensino superior disponível à população pimentense. A FAP iniciou seus trabalhos com a graduação em Administração de Empresas como curso inaugural, sendo que neste mesmo ano também foi regulamentada a graduação de Pedagogia. Em 2006 foi autorizada a implantação de dois novos cursos: Letras e Sistemas de Informação. Com isso, a faculdade passou a oferecer as quatro graduações, tendo alcançando credibilidade em todos os municípios da região de Pimenta Bueno, sendo...

11/11/2016
Institucional

FAP realizará vestibular no próximo domingo

No dia 13 de novembro, próximo domingo, a Faculdade de Pimenta Bueno (FAP) estará de portas abertas para realizar mais um processo seletivo. Através do tema “Você no Topo”, a instituição oferece ao público geral 05 graduações nas mais diversas áreas do conhecimento, com ênfase para três cursos com nota 4 da faculdade. As inscrições são gratuitas, e podem ser feitas através do site www.fapb.edu.br, até as 23h59 do dia 11 de novembro. A FAP pertence ao Athenas Grupo Educacional, com mais outras 4 instituições distribuídas no Acre e Mato Grosso.

Comentários

CAPTCHA Image
Recarregar Imagem