Área Restrita

ONU divulgou dados atuais sobre a educação mundial

20/01/2015
Notícias
Institucional

De acordo com o relatório oficial lançando ontem (19) em Londres, 121 milhões de crianças e jovens do mundo inteiro (de 6 a 15 anos) estão longe do ambiente estudantil. A medida faz parte do projeto “Educação para Todos”, que tem entre as propostas oficiais levar a educação para todos os cantos do mundo nesse ano. A iniciativa é da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura)  e conta com o apoio da Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância).

 

Com o título "Reparação da promessa quebrada de Educação para Todos: resultados da Iniciativa Global Crianças Fora da Escola",a pesquisa apontou que houve pouco avanço na melhoria do cenário educacional global, desde 2007. 63 milhões de adolescentes (de 12 a 15 anos) não estão na escola, revelando que o grau de evasão é mais acentuado em adolescentes do que crianças. As estatísticas dão conta de que uma a cada 11 crianças não freqüentam o colégio, enquanto um em cada cinco adolescentes apresenta o mesmo diagnóstico.

 

Crianças que vivem em áreas de conflito, trabalham desde cedo ou as que enfrentam discriminação (de ordem étnica, gênero ou deficiência) ajudam a compor os dados alarmantes. Entretanto, a pobreza ainda é o maior indicador. Na Nigéria, dois terços das crianças em regiões mais pobres não vão à escola, e de acordo com os dados levantados, 90% desse grupo nunca estudarão. Em locais como Eritreia e Libéria, respectivamente 66% e 59% das crianças não freqüentam a educação primária.

 

Para acompanhar os dados e avanços desse projeto e outros realizados ao redor do mundo, os interessados podem clicar aqui para as publicações oficiais da ONU.



Fonte: ONU Brasil e UOL Educação

Downloads

Manual do Enade
Baixar

Veja Também

Comentários

CAPTCHA Image
Recarregar Imagem