Área Restrita

Alunos desenvolvem ações alusivas ao Outubro Rosa e Novembro Azul

23/11/2017
Notícias
Graduação

Desde o início de outubro, até o final de novembro, os acadêmicos de Enfermagem do 8º período da Faculdade Pimenta Bueno estão realizando ações alusivas ao Outubro Rosa e o Novembro Azul.

 

Durante as ações, ministram palestras educativas e de conscientização sobre a prevenção contra o câncer, nas escolas de Pimenta Bueno e Espigão do Oeste; em empresas, como: a Brisa Confecções, Móveis Gazin, Andrade Bastos Advocacia; e na Policia Militar.

 

"O movimento ajuda a conscientizar a população acerca da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer e também a desmistificação da doença. Pois, quanto mais falamos, mais sabemos lidar e mais encontramos apoio”, comentou a coordenadora do curso de Enfermagem, Fabiana Waterkemper.

 

A Fap busca, através de atividades como esta, alinhar a teoria com a prática, formando profissionais mais preparados para o mercado de trabalho. Além de contribuir para o bem-estar da população local.

 

 

Galeria

Veja Também

30/04/2013
Institucional

coordenadores-do-athenas-grupo-educacional-reunem-se-em-ji-parana

Evento contou com a participação de mais de 50 profissionais   Em reunião iniciada na última quinta-feira (25) e com término no sábado (27), nas dependências da Faculdade Panamericana Ji-Paraná (UNIJIPA), Coordenadores de cursos das Faculdade Meta (FAMETA), de Rio Branco; Faculdade do Pantanal (FAPAN), de Cáceres; Faculdade São Paulo (FSP), de Rolim de Moura; Faculdade de Pimenta Bueno (FAP) e UNIJIPA, além de gestores de pólos EaD e coordenadores de estágio e pós-graduações. O encontro teve como objetivo rediscutir temas de interesse comum, tais como Gestão Estratégica de Curso, Projeto Pedagógico de Curso e atuação das Coordenações como mediador entre direção...

15/07/2015
Institucional

Organização ensina adolescentes a criarem startup

Criada pela empreendedora Tamecca Tillard em 2014, a organização americana Learning Curve tem um objetivo desafiador. Quer incluir jovens de baixa renda e mulheres no promissor mercado das startup-ups e em carreiras nas áreas de ciências, tecnologia, engenharia, artes, matemática e design (conhecidas pela sigla STEAMD, em inglês). Para isso, criou um programa de aceleração de negócios para estudantes do ensino médio, além de cursos de curta duração voltados ao empreendedorismo. “O fluxo de negócios atual está concentrado e é dominado e controlado por homens brancos, enquanto que a base dos clientes não é branca e conta com 50% de participação das mulheres”, diz Tamecc...

Comentários

CAPTCHA Image
Recarregar Imagem